Zeroseuns
Empregos

Emprego de segurança e vigilante em Portugal

Lucas
08 julho, 2020
Emprego de segurança e vigilante em Portugal

Toda a Europa está a dar mais atenção aos cargos de formação e trabalho com a segurança privada. De modo a estar apto a concorrer a uma vaga de emprego de segurança, é preciso conhecer bem os requisitos. Há diversas áreas, cada uma com as suas particularidades.

O que é preciso para um emprego de segurança?

Embora existam cursos de formação superior em segurança privada, não se trata de um requisito mínimo. É claro que isso abre portas, e pode ser um diferencial na contratação de um emprego de segurança ou vigilante.

Emprego segurança

As disposições que regem o trabalho como vigilante são as do Decreto-Lei n.º 35/2004. As leis de legislação da segurança privada afirmam que são requisitos:

1- Possui cidadania portuguesa, de um país da União Europeia, de um Estado cuja língua oficial seja a portuguesa, ou de um país integrante do Acordo sobre o Espaço económico Europeu. Para os brasileiros, é obrigatória a requisição do Estatuto de Porto Seguro.

2- Cumprir com a escolaridade obrigatória segundo a data de nascimento, a saber:

  • Até 31/12/1966: 4.º ano completo;
  • Entre 1967 e 31/12/1980: 6.º ano completo;
  • Nascidos de 01/01/1981 em diante: 9.º ano completo;
  • Nascidos após 01/01/1996: 12.º ano completo

O objetivo é garantir que pessoas que obtiveram menores oportunidades tenham a mesma possibilidade.

3- Estar em plena capacidade civil.

4- Sem condenação pela prática de crime doloso contra a vida, a integridade física ou a reserva da vida de outrem, contra o património, por falsificação ou crime contra a segurança dos sistemas de telecomunicação, contra a ordem ou tranquilidade pública, ou de residências, desacato, posse ilegal de armas ou qualquer outro crime de nível doloso com pena maior que 3 anos. Independentemente da reabilitação do julgado.

5- Não permitido para quem exerça ou tenha exercido cargo de gerente, ou administrador, de uma sociedade da área que tenha sido condenada, nos últimos três anos.

6- Também não permitido para atuais ou ex-funcionários que fiscalizem o exercício da segurança privada, nos últimos três anos.

7- Separação ou expulsão das Forças Armadas, de serviços do Sistema de Informações da República ou de serviços e forças de segurança.

Por fim, e não menos importante, o curso de formação, não o de nível superior, é obrigatório a todos os interessados.

Para que serve o curso obrigatório de vigilante?

Todo interessado num emprego de segurança deve procurar um centro de formação certificado em Portugal.

Uma vez concluído o Curso de Formação de Vigilante de Segurança Privada, recebe-se o cartão MAI de profissional.

Com uma validade de 5 anos, o profissional vigilante poderá sempre renová-lo pelo mesmo período na Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna.

Quanto ganha um segurança em Portugal?

A atividade de segurança em Portugal foi recentemente atualizada quanto ao salário-base. Hoje, quem está num emprego de vigilante pode ganhar quase 800 euros por mês com a sua atividade.

Esse valor subiu o limiar anterior de cerca de 680 euros e deve valer pelos anos de 2019 e 2020. Idealmente, espera-se que os empregados na segurança privada tenham direito a uma nova atualização.

Emprego de vigilante

Onde conseguir um emprego de vigilante?

Hoje em dia, diversas vagas de emprego podem ser conseguidas por meio de sites de vagas e pelo LinkedIn. Abaixo, estão algumas empresas do setor que oferecem o emprego de segurança com as mais diversas características, e os seus contactos.

  1. Prosegur
    Site: prosegur.pt
    Telefone: 707 28 29 30
    LinkedIn
  2. Securitas
    Site: securitas.pt
    Telefone: 808 20 00 98
    LinkedIn
  3. Strong Charon
    Site: strongcharon.pt
    LinkedIn
  4. Loomis
    Site: loomis.com.pt
    Telefone: 210 12 25 00
    LinkedIn
  5. Securitas Transport Aviation Security
    Site: securitas.pt/segmentos/aeroportos
    Telefone: 21 415 46 00
    LinkedIn
  6. ESEGUR
    Site: esegur.pt
    Telefone: 219 491 100
    LinkedIn
  7. Prosegur (Logística e Valores)
    Telefone: 21 836 22 00

  8. Powershield
    Site: powershield.pt
    Telefone: 21 837 10 37

Quais são os tipos de emprego de segurança?

diversos setores que necessitam dos serviços de um vigilante. Cada setor e cada cargo oferece tanto funções próprias quanto uma remuneração diferenciada.

Por esse motivo, faz sentido saber ao certo que tipo de formação e especialidade se deseja ter, para melhor preparação.

Para fins de exemplificação, alguns exemplos de cargos são:

  • Vigilante
  • Vigilante Aeroportuário
  • Operador de Valores
  • Vigilante Chefe ou Controlador
  • Supervisor ou Chefe de Brigada
  • Chefe do Setor Aeroportuário
  • Vigilante de Transporte de Valores
  • Supervisor Aeroportuário
  • Gestor Aeroportuário

Assim como há diferenças entre empregos de motorista de pesados e os de ligeiro, cada emprego de segurança possui os seus riscos. Quanto maior o risco, maior o prémio, desde que se esteja disposto a corrê-los.

Como conseguir um emprego de segurança no Brasil?

Assim como em Portugal o emprego de vigilante exige uma formação, o mesmo vale no Brasil. É preciso buscar uma Escola de Formação de Vigilantes, além de cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 21 anos de idade.
  • Nenhum antecedente criminal.
  • Ter cursado até o 4.º grau completo.
  • Estar em dia com as justiças civil, eleitoral e militar.
  • Completar o curso básico de vigilância (200 horas).
  • Boa saúde física.

Seguindo os requisitos, encontrar um emprego de vigilante no Brasil ou em Portugal não será uma tarefa difícil.

Ver:

Como trabalhar de Uber em Portugal?

Recrutamento Lidl de Chefes e Operadores de Loja